Cuidados com a Bateria de seu Carro

Cuidados com a bateria do carro

Muitos motoristas desconhecem que a bateria dos carros também requer cuidados especiais.

A bateria automotiva é constituída basicamente de placas de chumbo. Além disso, existe uma solução de ácido sulfúrico (eletrólito), que fica alojado dentro de uma caixa plástica.

Enfim a bateria nada mais é que uma fonte acumulativa de energia.

A bateria para carros é desenvolvida para durar em média, é de 2 a 3 anos, mas pode cair pela metade se o dono não tiver os devidos cuidados como, por exemplo, deixar as luzes ou acessórios ligados quando o motor estiver desligado.

Especialistas apontam para os cuidados com acessórios eletrônicos como rádio, alarme, rastreadores e componentes elétricos e eletrônicos que nunca ficam desligados como a central de injeção  e são aparelhos que possuem a chamada corrente de stand by.

Sendo assim, fique atento:

Antes de dar a partida

Um dos momentos em que mais se exige da bateria do carro é durante a partida. Ao deixar ligados equipamentos como faróis, rádio, luz interna e ar-condicionado, você sobrecarrega a bateria, diminuindo assim sua vida útil. Se o carro estiver desligado, também desligue os acessórios elétricos.

Antes de Desligar o carro

Desligue também os demais acessórios, exatamente como você faz ao dar a partida. Este procedimento é fundamental para a duração da vida útil da bateria.

Desligue a bateria do carro se não for usar

Existem sempre funções do carro a consumir bateria de modo passivo. Se não for conduzir por um período de duas semanas ou mais, desligue a bateria. É o passo mais fácil na manutenção da bateria do carro e  também um dos mais importantes.

Já sabe, comece pelo polo negativo, e depois o positivo. A ordem é importante

5 Dicas de manutenção da sua bateria automotiva

Carros parados também consomem energia da bateria. Neste caso, se o veículo for ficar inutilizado por mais de 20 ou 30 dias, caso não seja possível deixá-lo com alguém para o seu funcionamento, o correto é desligar o cabo do terminal positivo, a fim de evitar a redução da vida útil da bateria. “Desta forma, evita-se qualquer risco de curto-circuito”,

Veja o nível da água
A cada 3 meses, convém confirmar se o nível de água da bateria está bom. Se conseguir ver se há água no fundo do tubo que usa para encher, então o nível está bom. Se não conseguir ver, use água destilada para encher. Água que não seja destilada só vai fazer mal à bateria.

Lembre-se de que há baterias que precisam de níveis diferentes, bem como há baterias que nem precisam de água. Confira qual é o caso da sua bateria e tome as medidas de segurança necessárias.

Limpe os terminais da bateria
A limpeza é muito importante na manutenção da bateria do carro. Quando for verificar o nível de água, pode aproveitar para limpar os terminais da bateria. Vai precisar de:

Um pente de aço
Bicarbonato de sódio
Água destilada

Misture o bicarbonato de sódio com a água destilada, cerca de 3 colheres de sopa de bicarbonato para uma de água, para ficar com uma pasta. Desligue a bateria, começando pelo polo negativo e depois pelo positivo, com cuidado para não lhes tocar diretamente.

Coloque um pouco da mistura nos terminais com muito cuidado e raspe com a escova de aço para tirar a sujidade. Remova excessos e passe um pano no final.

Coloque vaselina ou gordura
Antes de voltar a ligar a bateria do carro, cubra-a com uma camada fina de vaselina ou outro tipo de gordura que aguente temperaturas altas sem queimar. De acordo com alguns especialistas, isto vai proteger a bateria de corrosão e impedi-la de enferrujar por algum tempo.

Conduza de vem em quando.
Parte da manutenção da bateria do carro é, em parte, conduzir. Ao conduzir estamos a recarregar a bateria sem o sabermos. Conduza pelo menos duas vezes por semana durante alguns minutos, e aprecie o passeio.

Ligue o motor com frequência, mesmo que não for usar o carro.
Muitas tarefas de nosso cotidiano não dependem do uso do carro. Outras vezes, após longas viagens, deixamos o carro parado na garagem. Em casos como estes, ligue o carro uma vez por semana e deixe seu motor funcionando por 5 minutos. A duração da bateria depende deste procedimento.

Tenha sempre um auxiliar de partida no carro.
Às vezes, mesmo com todos os cuidados possíveis, a bateria acaba. Faz parte. Mas se você tiver um auxiliar de partida no seu carro, fica mais fácil de fazer seu carro funcionar novamente. O auxiliar de partida é um aparelho responsável pela recarga da bateria que dispensa a famosa “chupeta”, até porque nem sempre podemos contar com a boa vontade alheia (ou com uma bateria extra disponível). Através de um cabo específico para o procedimento, você liga os polos da bateria “arriada” e pronto, seu carro está de volta na pista.

A bateria do veículo também merece sua atenção. É fundamental que se inclua a bateria no checklist de revisão a cada 06 meses. Munidos de conhecimento técnico e equipamentos adequados, profissionais especializados devem fazer quatro checagens essenciais.